Muito pode a oração do justo (Tiago 5.16)

No último domingo o nosso pastor Adalberto nos desafiou a orarmos diariamente por 15 minutos em favor da Igreja e do Reino de Deus na cidade. Vamos todos orar em família, em casais e entre amigos juntos para que os propósitos do Senhor se cumpram sobre estes dias na Igreja de Florianópolis e na Igreja de Blumenau.

Conforme Êxodo 1, no Egito, o povo sofria com a opressão. Eles não tinham que glorificar a Deus por aquela situação, pois aquilo não era vontade de Deus para a vida deles. O povo precisava de livramento. O rei do Egito deu ordem às parteiras para que, quando servissem às hebreias, examinassem os bebês. Se fosse menino, matassem, mas, se menina, deixassem viver (Êx 1.15-21). Satanás não destrói tudo de uma vez, e o engano repousa exatamente nesse ponto. As meninas deviam viver, pois, se matassem tanto as meninas quanto os meninos, o povo de Israel poderia se levantar contra os egípcios. Mas por que matar os meninos e não as meninas? Porque os homens seriam os próximos soldados.

Hoje o inimigo tem investido com armas pesadas para matar os ministérios bíblicos dentro da igreja com facções e divisões, e acima de tudo, tentado calar a voz profética do Senhor que nos guia à batalha.

Precisamos entender que o inimigo sempre toma, rouba. Não podemos ser benevolentes com o diabo. “[…] Resisti ao diabo e ele fugirá de vós” (Tg. 4.7). Israel estava apático, aceitando a escravidão, até o momento que o povo tomou uma posição de oração. Esperaram tanto para clamar ao Senhor, tantos anos se passaram, e eles conformados com aquela situação. No entanto, quando clamaram, Deus ouviu o seu gemido e lembrou-se da aliança que fez com Abraão, Isaque e Jacó e atentou para a situação do povo.

É tempo de clamar

Nestes dias, Deus tem dado à igreja um espírito de oração -,oração de autoridade, de poder. Um clamor a Deus que muitas vezes fazemos com lágrimas, pois essa é nossa arma contra as ciladas das trevas. A arma que o povo de Israel possuía era a oração.

Da mesma maneira que Deus respondeu ao povo de Israel naquele dia, Ele ouve a minha, a sua oração hoje, agora. Ele é o mesmo!

Vamos todos participar desta campanha e orar todos os dias.

- Redação IF Online.

 

Igreja de Florianópolis – Proclamando a Verdade