Durante o Fluir 72 horas de adoração a igreja se reuniu para adorar e honrar ao Senhor. O primeiro dia do Fluir teve teatro do grupo Verdade em Cena com um baile de mascaras em honra ao rei. A palavra foi ministrada pelo Israel que trouxe o tema das 72 horas, Supremacia e glória (Cl. 1. 15.18) e deixou uma missão à igreja, nutrir as taças de ouro com suas orações (Ap. 5. 8).
Com atividades variadas que se estendiam pelas madrugadas, o Senhor foi louvado e exaltado durante todas as horas do dia. A adoração era mantida por grupos que permaneciam no altar nas manhãs, tardes e madrugadas e a noite toda a igreja se reunia para juntos manter o propósito de adorar ao Rei.
Na sexta-feira o culto solene de hasteamento da bandeira a meio mastro marcou o momento de Jesus na cruz, e serviu para lembrar Seu sacrifício por nós. A adoração da noite foi ministrada pela Leile e o pastor Davi do Shekkinah fez um relato de como conheceu a IF e do trabalho realizado em conjunto durante esses doze anos. A palavra foi ministrada pela sobrinha do Pr. Davi Campos com a pergunta Qual é o seu lugar como cristão, diante de Deus? E como podemos participar das benções espirituias de Deus ( Ef. 1. 3.14).
A palavra do sábado foi ministrada pelo pastor Adalberto, salmos 23, para que o povo tenha o Senhor como pastor e tenha mais intimidade com o Pai, e não deixe de olhar pra Ele e seguir caminhando na vereda da vida. A noite foi realizado um culto de ação de graças ao Senhor e também a festa de 12 anos da IF. Um teatro mostrou os 11 patamares subidos no monte (Adar) até agora e a história do começo da igreja e como foi dado dois montes de herança, Neilote (IBlu) e Meribá Refidim (IP). A festa de aniversário teve temática judaica com cordeiro assado, pães sem fermento e ervas amargas.
O Culto da Alvorada reuniu  55 pessoas da igreja para a Praça XV  no inicio da manhã de domingo, onde levou o povo a uma profunda adoração e reflexão e o júbilo de saber que Jesus morreu mas ressuscitou.
No encerramento das 72 horas o culto teve a apresentação do teatro A Árvore, que representava um sonho do Thiaguinho em Londres, mostrando como a igreja é uma árvore que precisa ser constantemente regada pela Água da Vida, com intimidade com Deus e conhecendo Sua palavra e obedecendo, porque se o que foi ensinado não for vivido e a igreja permanecer no pecado, andará como errante sobre a terra.
O shabbat em Israel foi a palavra dos pastores Adalberto e Luizita, “Falarei do decreto do Senhor; ele me disse: Tu és meu Filho, hoje te gerei. Pede-me, e eu te darei as nações por herança, e as extremidades da terra por possessão (Salmos 2)”. E o Senhor falou que quer a restauração do tabernáculo de Davi que se chama adoração (Jer 33. 1. 22).
O difícil pra você não significa impossível. Porque você vai confiar nEle. Não confie em você nem no que já viveu, mesmo o que viveu em Deus. Nada será fácil, tudo será por conquista.

- Thaís Jordão