Dip2015 Pub

Cristãos brasileiros servindo cristãos perseguidos

Domingo, 31 de junho será o domingo da igreja perseguida no mundo muçulmano. Mais de 5.930 igrejas em todo o país se unirão para orar em favor das igrejas sem liberdade.  Um clamor subirá ao Trono dos Céus em prol dos cristãos que sofrem perseguição ao evangelho por repressão ou manipulação de governos, sistemas e entidades.

O evento é uma iniciativa das missões Portas Abertas. Todos os anos a Igreja de Florianópolis abraça essa iniciativa missionária e prepara um culto especial à luz de velas, decoração temática, louvor, danças, teatros e muito clamor. Este ano não será diferente. Muito pode a súplica do justo. Junte-se a nós!  

Igreja entre os muçulmanos é o tema deste ano

Apenas 0,05% dos afegãos conhecem a Cristo e apenas 0,05% dos evangélicos brasileiros sabem disso

 A realidade dos cristãos no Afeganistão é semelhante à de muitos irmãos no mundo muçulmano: as poucas pessoas que ouvem falar de Jesus e o aceitam como Senhor e Salvador são duramente perseguidas por essa escolha. Em 40 dos 50 países listados na Classificação da Perseguição Religiosa 2015, o extremismo islâmico foi a maior fonte de perseguição aos cristãos.
 
Mesmo diante de um cenário tão urgente, somente um em cada dois mil evangélicos brasileiros tem conhecimento da causa da Igreja Perseguida. A Portas Abertas trabalha para que mais irmãos não apenas conheçam a situação dos cristãos perseguidos, como também se engajem no apoio a eles. Mas não podemos fazê-lo sem a sua ajuda. 
 
É por isso que, no Domingo da Igreja Perseguida (DIP) 2015, convidamos você a dedicar-se no serviço aos cristãos perseguidos no mundo muçulmano, a fim de fortalecê-los para que permaneçam firmes em sua fé e o seu testemunho sirva de inspiração para a conversão de muitos muçulmanos. 
 
Em países islâmicos, a Igreja é formada basicamente por dois grupos: os cristãos cujos ancestrais praticam o cristianismo há gerações; e os ex-muçulmanos, que são de origem islâmica, mas que abandonaram o islã e agora seguem a Cristo. Esses dois grupos sofrem forte perseguição por causa de Jesus: da família e comunidade; do governo e de líderes religiosos. 
 
Quando um muçulmano se converte a Cristo, muitas vezes tem de conviver com o desprezo de parentes, a quebra de vínculos afetivos, a rejeição e o isolamento social. E, em alguns casos, precisa até fugir de sua cidade, a fim de preservar a vida. 
 
O DIP 2015 tem como objetivo despertar a Igreja brasileira para essa realidade: como membros da mesma família de Cristo, encorajamos uns aos outros: nós daqui do Brasil aprendemos e somos inspirados pelo testemunho de irmãos do mundo muçulmano; eles, por sua vez, são fortalecidos e edificados na fé através de nossas orações e contribuições. Participe.
 
“Portanto, enquanto temos oportunidade, façamos o bem a todos, especialmente aos da família da fé.” Gálatas 6.10
dip2015_pub2

Venha interceder conosco.

SERVIÇO

O quê: Domingo da Igreja Perseguida.
Quando:  31 de maio de 2015 – 19h00.
Local: Igreja de Florianópolis – sede. Rua Emir Rosa, 537. Centro.
Igreja de Blumenau – sede. Rua Rua Benjamin Constant, 1526 – divisa entre os bairros Vila Nova.

Haverá programação especial para crianças.

Redação IF Online com informações do Portas Abertas.

 

Igreja de Florianópolis – Proclamando a Verdade