Assim diz o Senhor dos Exércitos: Este povo afirma: ‘Ainda não chegou o tempo de reconstruir a casa do Senhor. Por isso, a palavra do Senhor veio novamente por meio do profeta Ageu: Acaso é tempo de vocês morarem em casas de fino acabamento, enquanto a minha casa continua destruída? Agora, assim diz o Senhor dos Exércitos: Vejam aonde os seus caminhos os levaram. Vocês têm plantado muito, e colhido pouco. Vocês comem, mas não se fartam. Bebem, mas não se satisfazem. Vestem-se, mas não se aquecem. Aquele que recebe salário, recebe-o para colocá-lo numa bolsa furada”. Assim diz o Senhor dos Exércitos: “Vejam aonde os seus caminhos os levaram! Subam o monte para trazer madeira. Construam o templo, para que eu me alegre e nele seja glorificado”, diz o Senhor. Vocês esperavam muito, mas, para surpresa de vocês, acabou sendo pouco. E o que vocês trouxeram para casa eu dissipei com um sopro. E por que fiz isso? Pergunta o Senhor dos Exércitos.  Por causa do meu templo, que ainda está destruído, enquanto cada um de vocês se ocupa com a sua própria casa. Por isso, por causa de vocês, o céu reteu o orvalho e a terra deixou de dar o seu fruto. Provoquei uma seca nos campos e nos montes, que atingiu o trigo, o vinho, o azeite e tudo mais que a terra produz, e também os homens e o gado. O trabalho das mãos de vocês foi prejudicado” (Ageu 1:2-11).

 Esse texto fala da reconstrução do templo. Deus está falando com Seu povo. Um povo que “calculou”o preço que custaria seguí-lo:

Se alguém vier a mim, e não aborrecer a seu pai, e mãe, e mulher, e filhos, e irmãos, e irmãs, e ainda também a sua própria vida, não pode ser meu discípulo. E qualquer que não levar a sua cruz, e não vier após mim, não pode ser meu discípulo. Pois qual de vós, querendo edificar uma torre, não se assenta primeiro a fazer as contas dos gastos, para ver se tem com que a acabar? Para que não aconteça que, depois de haver posto os alicerces, e não a podendo acabar, todos os que a virem comecem a escarnecer dele, Dizendo: Este homem começou a edificar e não pôde acabar.” (Lucas 14:26-30).

Deus está chamando o povo para edificar aquilo que é de maior importância que era o Seu templo (lugar de busca, sacrifício, arrependimento e cumprimento da obediência), porém encontra um povo de corações obstinado, distraído e preocupado com a edificação da sua vida secular.

Ele está convocando o Seu povo para uma correção de prioridades, para prestar a atenção naquilo que é crucial, a EDIFICAÇÃO DO REINO.

II Co. 4:18: Assim, fixamos os olhos, não naquilo que se vê, mas no que não se vê, pois o que se vê é transitório, mas o que não se vê é eterno.”

 Cl. 3:2-3:  “Mantenham o pensamento nas coisas do alto, e não nas coisas terrenas. Pois vocês morreram, e agora a sua vida está escondida com Cristo em Deus.

Não podemos entender errado! Não devemos deixar de correr atrás de nossos sonhos e de bênçãos ao qual desejamos ardentemente, a questão é meramente PRIORIDADES. O Senhor quer o Seu templo edificado primeiramente. Hoje, o templo de Deus é você. O Senhor quer ser edificado primeiramente em seu interior, quer que você seja Sua casa favorita, antes de você correr atrás de sua vida secular.

Deus chama a atenção quanto a algumas situações às quais o povo está passando em consequência à desobediência ou a troca de prioridade. São tribulações, adversidades, desertos que não eram para estar passando. Muitas CRISES que passamos são tentativas de Deus nos dobrar e chamar a atenção de que algo precisa mudar em nosso interior. Geralmente Deus nos chama a “reprogramar” nosso coração ao centro de Sua vontade. Em Gálatas 2:20, a bíblia fala de não vivermos mais para nós, é isso que se espera de alguém que realmente se entrega à Deus. Que Cristo viva através de nós, isso nos levará a cruz do nosso eu. Os que priorizam o Senhor, são exatamente aqueles que recebem a graça abundante de Deus e conquistam grandes vitórias e sonhos realizados.

No verso 8 do texto base, Deus fala o que Ele quer, a direção objetiva que devemos tomar. O Seu Reino é prioridade e devemos nos esforçar para edificá-lo. Esse mesmo Deus que tem planos de paz e não de mal e que deseja realizar nosso sonhos. Ele tem prazer em nos abençoar, porém Ele não aceita outro lugar em seu coração que não seja o de prioridade absoluta

A partir do versículo seguinte, podemos entender que todos que são seus e não viverem dessa forma sempre ficarão frustrados, pois suas expectativas não serão supridas. Se você entregou Sua vida a Cristo, não espere viver a sua vida para si mesmo, você calculou antes de entrar…

 O PROPÓSITO PRINCIPAL DO HOMEM É BUSCAR À DEUS

At. 17:26-28E de um só sangue fez toda a geração dos homens, para habitar sobre toda a face da terra, determinando os tempos já dantes ordenados, e os limites da sua habitação; Para que buscassem ao Senhor, e talvez, tateando, o pudessem achar; ainda que não está longe de cada um de nós; Porque nele vivemos, e nos movemos, e existimos; como também alguns dos vossos poetas disseram: Pois somos também sua geração.”

Fp. 3:7-11 “Mas o que para mim era lucro, passei a considerar perda, por causa de Cristo. Mais do que isso, considero tudo como perda, comparado com a suprema grandeza do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor, por cuja causa perdi todas as coisas. Eu as considero como esterco para poder ganhar a Cristo e ser encontrado nele, não tendo a minha própria justiça que procede da lei, mas a que vem mediante a fé em Cristo, a justiça que procede de Deus e se baseia na fé. Quero conhecer a Cristo, ao poder da sua ressurreição e à participação em seus sofrimentos, tornando-me como ele em sua morte para, de alguma forma, alcançar a ressurreição dentre os mortos.

Deus quer ser achado por nós, por qualquer um, mesmo que o tateando. Tatear fala de alguém que está procurando mesmo sem enxergar algo ou que o faz no escuro. Ainda que alguém o procure dessa forma, Ele se deixará ser achado. Ele sempre está perto. O processo da intimidade é um processo simples. É se achegar à Deus. É no ambiente de intimidade que sabemos qual é a sua vontade, é lá que permanecemos em Sua direção. Quando não nos achegamos à Ele, ficamos cegos e surdos espiritualmente, agindo na carne. Nem percebemos que estamos longe. Somente uma CRISE nos faz parar.

Em Oséias 6:3 a Bíblia diz que devemos prosseguir em conhecê-lo. Deus é um ser infinito, e Nele há sempre mais.

DISTRAÇÕES:

Algumas distrações podem nos fazer trocar prioridades, a seguir algumas delas:

1- Em Êxodo 5 – o ATIVISMO:

Faraó (figura de Satanás) aumenta a carga de trabalho para que o povo Hebreu não tivesse tempo de adorar e cultuar à Deus.

Esta é uma das formas que Satanás usa para distrair o povo de Deus. O ativismo, seja por trabalho, ocupações e até mesmo ministério, podem tomar o lugar de Deus em nossa vida. Às vezes o ministério se torna mais importante que o Senhor dos dons. Sendo assim, trocamos o importante pelo urgente. Quando menos percebemos, estamos “sem tempo” para buscar à Deus.

Se não temos tempo para Deus, então nossa rotina está errada. Deus não nos permitirá viver de forma louca onde nem mesmo temos como se achegar à Ele. Certamente precisaremos corrigir a forma com que lidamos com o cotidiano, ou nos esforçar um pouco mais para priorizar nosso crescimento e maturidade espirituais.

Não importa qual é a sua rotina, você precisa ter tempo para Deus. Precisamos buscar sabedoria para saber como usar o tempo de maneira mais eficiente. Se priorizarmos, certamente arranjaremos tempo.

Não murmure pela falta de tempo, honre à Deus no pouco tempo que você tem  e Ele o multiplicará…” Joyce Meyer em “O poder da oração simples”.

 2- Em Lucas 10 – OCUPAÇÕES:

Marta pede à Jesus que mande Maria lhe ajudar, então Jesus respondeu:”Marta! Marta! Você está preocupada e inquieta com muitas coisas; todavia apenas uma é necessária. Maria escolheu a boa parte, e esta não lhe será tirada”.

Claro que servir é importante, Marta está trabalhando, porém, naquele momento, o momento era para estar aos pés do Senhor.

Muitos de nós andamos preocupados, inquietos e ansiosos com questões corriqueiras do dia a dia e não conseguimos “parar” para estar com Deus. A questão aqui nem é falta de tempo, mas de disposição mental. Coisas pequenas da nossa rotina podem nos fazer desviar o foco do que é importante. Nossa mente pode estar tão inquieta que pode prejudicar o nosso discernimento e com isso não entendemos a hora de estar com Deus ou de trazê-lo para nosso cotidiano, ou mesmo perdemos a disposição para isso.

3- Lucas 14 – BÊNÇÃOS:

Jesus conta uma parábola sobre um grande banquete (“O banquete do Reino de Deus”). Alguns convidados apresentaram desculpas para se ausentar: O primeiro comprou uma propriedade e precisava vê-la, outro comprou 5 juntas de bois e queria avaliá-los e outro casou e queria estar com esposa.

Todos eles vivendo momentos de bênçãos pessoas e materiais. Coisas que oramos e desejamos, porém no caso deles se tornaram mais importantes do que a vontade de Deus. A partir daí se tornaram distrações e motivos para se afastar. Conheci pessoas que sonharam tanto com um companheiro(a), porém ao receber o que tanto pediram, transformaram essa pessoa naquilo que há de mais importante, acima inclusive de Deus. Outros, abandonaram a fé ao prosperarem financeiramente. Sua bênçãos se tornaram maldições.

 O VALOR DO REINO:

Mt. 13:44-46: “O Reino dos céus é como um tesouro escondido num campo. Certo homem, tendo-o encontrado, escondeu-o de novo e, então, cheio de alegria, foi, vendeu tudo o que tinha e comprou aquele campo. “O Reino dos céus também é como um negociante que procura pérolas preciosas. Encontrando uma pérola de grande valor, foi, vendeu tudo o que tinha e a comprou”.

Precisamos lembrar do valor que é o Reino e de um dia termos sidos alcançados por Deus. Muitas são as situações que vão matando essa visão em nosso coração, não podemos rebaixar o valor do Reino de Deus, Ele é precioso, é tudo o que temos.

Muitos de nós fomos resgatados de condições terríveis, já fomos tão gratos a Deus pelo simples fato de termos sidos alcançados por Ele, porém com o tempo esse sentimento vai enfraquecendo, assim como a gratidão e a visão de quão tremendo é ter a honra de ser filho de Deus.

Precisamos amá-lo de uma forma mais intensa:

Mc. 12:30 “Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma, de todo o seu entendimento e de todas as suas forças.”

 Precisamos nos esforçar mais para amar o Senhor, é fundamental que dediquemos tempo ao Senhor para que isso aconteça, todo amor é cultivado por relacionamento. Todo relacionamento precisa de tempo investido.

Que o Senhor seja o teu respirar, que você seja Sua casa favorita e que você edifique o Reino de Deus, que Ele seja sua prioridade, a começar pelo seu coração, no seu interior. Edifique aí a casa favorita de Deus…

 

- Eberson Sousa
Médico e colaborador do Portal IF Online