Uma convocação para os sedentos por avivamento.

 

Chamada

O gozo vem através de serviço (RAVENHILL, 2010). A maioria dos cristãos é ativista; eles se envolvem em algum tipo de trabalho na igreja. Mas nem tudo é bom. Nem tudo é essencial. Até mesmo missionários acham-se embaraçados em coisas de menos valor do que ganhar os perdidos. Pessoas negligentes na oração logo se desviam da suprema tarefa que Ele designou para elas. Por isso a submissão é também necessária.

Através dos escritos de Leonard Ravenhill (2010), podemos entender que muitos de nós estamos  envolvidos num ativismo na igreja baseado no tédio e na mesmice. Nos envolvemos com coisas sem importância e damos pouco para o Reino. O penoso trabalho do Senhor foi sua morte que gerou a salvação dos povos. Qual tem sido o penoso trabalho da Igreja? Para qual função todos nós somos chamados?

Como vive a pessoa que já experimentou muito da vida e acha que não tem mais nada que experimentar? Como vive a pessoa que diz com freqüência “já vivi”, “já fiz”, “já sei” e outros “jás” que possa imaginar?  Como vive a pessoa para quem a vida tornou-se uma respiração enervante e chegou ao fastio da mente e das sensações: experimenta sempre o mesmo e chega sempre no mesmo lugar? Como vive a pessoa que pensa sobre a vida, que debruça para observá-la e chega à conclusão de que tudo o que vai acontecer já aconteceu? Como vive a pessoa para quem a vida não traz nenhuma novidade, cuja única expectativa é ver hoje o que viu ontem? Essas são as perguntas do pastor Ed René Kivitz (2009) que prontamente responde:

– Essa pessoa vive o tédio.

Está na hora da verdade imperar sobre a igreja, está na hora da ação. O Espírito Santo é criativo e inovador. A palavra diz que o Senhor faz novas todas as coisas e que as Suas misericórdias se renovam. Precisamos de renovo. Precisamos matar a nossa sede com a água da vida. Precisamos vencer a mesmice dos “cultos sempre iguais”. Precisamos de avivamento. Precisamos trabalhar! Como diz a canção: O caminho é árduo pra você trilhar, não se deixe enganar, ainda existe uma cruz, ainda existe um preço a pagar[1]! Vamos juntos?

- Israel Braglia

Sobre o evento

A casa de vidro será um encontro de renovo, de reinício da vida com Jesus. Será um tempo de ensino e estudo da palavra de Deus além de uma adoração íntima. Todos os que quererm sair da mesmice do cotidiano estão convidados. O seminário ocorrerá na sede da IBlu em Blumenau nos dias 27 e 28 de Janeiro. A entrada é franca. Não haverá programação para crianças.

Programação

Sexta, dia 27/01

– 19h00 (abertura, louvor e adoração e ministração da palavra).

Sábado, dia 28/01

– 15h00 (louvor e ministração da palavra).

– 18h00 (coffe break).

– 19h00 (louvor e ministração da palavra).

Serviço

O quê: Seminário “A Casa de Vidro”

Quando: 27 e 28 de Janeiro de 2012

Local: Igreja de Blumenau, Rua João Pessoa, 1602 – Velha. Blumenau – SC.

Entrada franca.

 


[1] © 2005. Diante do Trono. Ainda existe uma cruz.