Fogo Montanha Pastores 2017 Pub

Alinhando o compromisso dos pastores dos montes

A força da liderança

A liderança é uma forma de vida criativa, sem ela, o povo se corrompe. Quando Moisés liderava o povo de Deus no deserto, ele se encontrava com Deus na montanha e o Senhor o respondia com a Sua ardente presença. A presença de Deus arde como o fogo e é tempo de fogo para os montes da I.F: fogo na montanha. É a hora de o Senhor encontrar prazer sobre os líderes do corpo! O Senhor tem nos livrado, pois tem encontrado prazer em nós. Conforme os ensinos de Rick Joyner (2008), podemos ter o melhor exército do mundo, mas ainda assim sermos derrotados se não tivermos boa liderança. Da mesma forma, mesmo com liderança competente, ele ainda pode ser derrotado se não for um exército bem treinado e disciplinado. No entanto, primeiro nos focaremos na liderança, porque qualquer grande organização ou força somente irá ter bom desempenho de acordo com o seu potencial se for bem liderada. É por isso que liderança deve sempre ser a prioridade mais alta quando começamos algo, e foi a mais alta com o Senhor quando Ele começou a construir Seu exército na terra, a igreja. Liderança não é algo que funciona apenas do topo, mas também através dos postos. É preciso dinamismo entre todos. Temos o maior líder que jamais poderá haver, porque o Senhor Jesus é Ele mesmo o “Senhor dos Exércitos”. Não poderemos jamais ter um líder superior melhor, mas também deve haver liderança de qualidade em todo nível, e isso em qualquer exército, para que este seja uma força verdadeiramente eficaz.

Tema do encontro 2017

Alinhando o compromisso

Exposição temática e mensagem

Estamos vivendo dias difíceis. São dias caóticos com muitas notícias ruins para todas as nações. Temos como igreja percorrido muitos países, mas agora é hora de alinharmos o compromisso com o reino de Deus, cuidando do nosso rebanho, indo às nações e não nos conformando com este século. No livro de Joel capítulo 1 está o relato de quando a nação de Judá foi assolada por um enxame de insetos que devastou todas as suas plantações causando assim um caos sobre muitas cidades. Isto comprometeu a economia de toda a nação e centenas de famílias que viviam do que a terra produzia foram afetadas. Tão logo houve a morte de muitos dos seus animais em razão da falta de alimentação. E diante de tão grande catástrofe o Senhor levanta o profeta Joel para levá-los ao entendimento que aquele acontecimento marcava um tempo de julgamento e alinhamento, pois esta nação estava completamente descompromissada com os planos de Deus. Neste relato de Joel temos muito a aprender acerca do caminho de volta que foi apontado pelo profeta para que os destinos daquela nação fossem mudados.

 O alinhamento de Joel para a Nação

Joel apontou um direcionamento do Senhor para os seus dias:

Primeiro alinhamento – Conclama o povo para o despertamento e convida a todos para chorarem diante do Senhor. Aquela nação estava se embriagando e se alegrando com coisas supérfluas. Assim acontece conosco se não vigiarmos. Tendemos a sair do trilho e por uma questão de comodidade fazermos apenas aquilo que satisfaz a nossa carne. É preciso compromisso com o que é de Deus (Joel 1.5,8, 12).

Segundo alinhamento – Convida a todos os sacerdotes, ou seja, todos os líderes a se humilharem diante do Senhor. Diz aos líderes que deveria chamar o povo à santidade, enfim mobilizar a todos para jejuarem e orarem, pois aquela situação era sinal de um grande levante do inferno mediante as brechas que haviam por causa das negligências diante do Senhor (Joel 1. 13-14).

Terceiro alinhamento – Alerta a toda a nação acerca do dia do Senhor, ou seja, o dia em que Ele virá arrebatar a sua Igreja e que antes disso haveria dias de densas trevas. Podemos dizer que em nossos dias já estamos vivendo os dias de trevas. Ao assistirmos os noticiários ou acessarmos as fontes de informação jornalística, nos deparamos com mortes, guerras, pais contra filhos e filhos contra pais, terremotos, uma mudança assustadora no clima, o surgimento de epidemias e tantas outras notícias ruins. Os dias são de grande confusão. As coisas caminham para um caos total e ainda existem aqueles que insistem em olhar para os acontecimentos de forma passiva. Fique atento: o inimigo não quer que você esteja vigiando. (Joel 2.1-3, 11).

Quarto alinhamento – Conduz o povo a um poderoso alinhamento para que a sua sorte seja mudada. Assim como o profeta Joel foi boca de Deus, assim nós, líderes do Senhor,  precisamos ser na vida daqueles a quem Ele tem nos confiado. Conversão fala de mudança de atitude, mudança de comportamento; rasgar as vestes fala de humilhar-se. Ser humilde é ter um coração ensinável  (Joel 2. 13-14).

Quinto alinhamento – Mostra que toda a família (desde o mais novo ao mais velho) deveria começar a entender a vontade de Deus em sua vida. Erramos quando pensamos que Deus não se preocupa com nossos filhos enquanto pequenos. Por esta negligência o inimigo tem feito muitos pais chorarem em razão do caminho que seus filhos têm trilhado. O Senhor tinha pressa em alinhar aquele povo. O Senhor tem pressa!  (Joel 2.16-17).

Consideração

Joel foi um profeta que não ficou ajudando o povo a se lamentar pelo que havia ocorrido e sim, na direção do Senhor, levou a todos para um genuíno arrependimento. Pois, somente desta maneira aqueles insetos que representam espírito malignos (demônios) sairiam daquela cidade e as coisas seriam reestabelecidas. Somos profetas do Senhor que quando abrimos a boca com temor e tremor somos usados pelo Espírito de Deus para atrair o povo à verdadeira vontade de Deus. Que nenhuma ferramenta preparada pelo inimigo consiga impedir-nos de trazer os Céus para a terra. “Venha o teu reino e seja feita a tua vontade assim na terra como no céu!”

“Guardai, pois, as palavras desta aliança, e cumpri-as, para que
prospereis em tudo quanto fizerdes.”  (
Deuteronômio 29.9).

 O encontro e a programação

O encontro ocorrerá na sede da Igreja de Camboriú – IC. A programação terá início na sexta-feira (06/12) às 19h30 e seguirá no sábado (07/10) a partir das 9h30, 14h00, 16h00 e 20h00.

Chamada

fogo_montanha_pastores_2017_pub2

SERVIÇO

O quê:  Encontro de pastores “fogo na montanha”
Quando: 06 – 07 de outubro de 2017
Local: Igreja de Camboriu – IC , sede.
Evento somente para os pastores da igreja.

Com informações de “o discípulo e o alinhamento” de ministério anatote, 2016. 

Igreja de Florianópolis – Proclamando a Verdade