Gostaria de começar esse texto com um testemunho edificante de um grande amigo, o Paulo Roberto. Ele acaba de conquistar uma grande vitória, fruto de um sonho, de ouvir a voz do Espírito Santo, dedicação, clamor, esperança, fé e intrepidez.

Um testemunho pessoal do poder de Deus

“Mas ele respondeu: As coisas que são impossíveis aos homens são possíveis a Deus”. 
Lucas 18:27.

Meus queridos irmãos em Cristo Jesus, hoje quero estar compartilhando com vocês um testemunho pessoal:
Como é do conhecimento de todos, estou cursando o segundo ano da especialização em endocrinologia pediátrica no Hospital Infantil Joana de Gusmão em Florianópolis. Tal curso tem duração de 2 anos sendo que o segundo ano nunca foi remunerado, ou seja, o residente (médico que está se especializando) trabalha sem receber a bolsa de pós-graduação como acontece de costume, uma vez que a duração do curso reconhecido pelo MEC é de um ano, embora a Sociedade Brasileira de Endocrinologia Pediátrica exige para o especialista 2 anos de preparo.
Porém, no final do primeiro ano de residência eu resolvi não aceitar tal situação e o Espírito Santo colocou em meu coração um plano de ação. Iniciei um jejum de 4 semanas pedindo o sobrenatural de Deus, ou seja, a bolsa do segundo ano da especialização. Passei quatro quintas feiras sem almoçar, tomava café da manhã até às 7 horas, e só se alimentava após as 18 horas, nunca tinha feito tamanho jejum. E neste dia passava um tempo orando e lendo a palavra no hospital, assim também quando chegava em casa.
Durante esse período, Deus agiu de forma tremenda na vida de uma chefe minha, fazendo com que ela demonstrasse um interesse sobrenatural em estar lutando para eu receber a bolsa (Rm 8:28). Porém, quando ela foi se pronunciar para os outros cinco chefes, saí da reunião com muitas palavras negativas e com a seguinte conclusão: – Paulo, existe a necessidade de o MEC (ministério da educação – Brasília) aprovar o segundo ano de residência em endocrinologia pediátrica em todo o Brasil, caso contrário não é possível tal solicitação, além do mais todos os residentes até aqui não tiveram a bolsa.
Confesso para vocês queridos que minha mente humana quis me desanimar, mas no mesmo instante o Espírito Santo trouxe um renovo ainda maior e continuei na luta com o jejum e oração.(Esperança) Comecei a pedir especificamente em favor da aprovação no MEC de tal decisão. Eu não tinha idéia como isso iria acontecer, só acrediva que para Deus nada é impossível (Lucas 18:27).
Além do jejum e oração, fui tocado a dar 2 ofertas de sacrifício no valor de 10% da bolsa cada uma, e realmente foi em um momento que aos olhos humanos não poderia. No final da quarta semana de jejum o Espírito Santo me conduziu a continuar sacrificando meu almoço das quintas-feiras por mais 3 semanas. E quando terminei o jejum da sétima semana resolvi fazer por mais uma semama em agradecimento da vitória que Deus estava preparando, estava na última semana do ano de 2011.(Fé)
Apartir daí, continuei orando, mas descansado, sabendo que o Senhor estava trabalhando para mim(Confiança). No final de janeiro, estava eu atendendo com um dos meus chefes e veio a notícia que para os olhos humanos era a mais impossível: – “Paulo, o MEC aprovou a especialização de endocrinologia pediátrica para 2 anos de duração”. Queridos, quando eu ouvi tais palavras meus olhos se encheram de lágrimas pela graça, misericórdia e fidelidade de Deus. O que era impossível Deus fez possível, o que estava além do meu alcance, Deus alcançou.
Após tal decisão e através do mover do Espírito Santo, todos os meus chefes, inclusive os mais discrentes inicialmente, começaram a acreditar na bolsa do segundo ano de residência. Começava então mais uma luta, a batalha para a Secretaria da Saúde de Santa Catarina reconhecer o segundo ano e disponibilizar meu benefício. Mas para isso eu precisava de um documento oficial do MEC. Quando, eu enviei um email para o Ministério da educação recebi tal resposta: (email copiado na íntegra, apenas retirei o nome do funcionário do MEC):

“Prezado Senhor,
A aprovação de aumento na duração das áreas de atuação de pediatria
ainda serão normatizadas e NÃO SERÃO APLICADAS EM 2012.
Informo que ainda não existe normatização.
Secretaria de Ensino Superior – MEC
Coordenação Geral de Residências em Saúde
Secretaria Executiva da CNRM”.

Ou seja, nada animador aos olhos humanos. O que estava acontecendo é que a reunião que reconheceu o segundo ano da minha especialização aconteceu no final de janeiro (19 de janeiro de 2012), foi aprovado, porém não havia ainda sido redigido um documento oficial com a normatização e os passos para as instituições darem início a tal processo.
Mas queridos, esse email para mim não surtiu efeito algum pois não estava colocando minha esperança em resposta humana mas sim em Deus, cria a cada desafio e resposta negativa que o milagre seria maior e o testemunho ainda mais edificante.
Quando fui então falar com a secretária responsável por toda a residência no hospital infantil e que iria intermediar todo o contato com a secretaria de saúde, ela me informou que não seria possível tal reivindicação uma vez que fiz um concurso (prova para entrar na residência) especifico para receber bolsa e reconhecimento de apenas um ano. O segundo ano era considerado apenas um estágio, sem bolsa e sem reconhecimento pelo MEC e Secretaria de Saúde do Estado. Além disso, precisaria de um documento oficial do MEC informando que tal mudança já aconteceu. Animador? Para aquele que coloca a esperança no Senhor tal resposta não fez diferença.
Continuei a lutar meus queridos, e apesar de tanta correnteza contra minha esperança estava em Deus. Há um versículo em lamentações 3:24 que gosto bastante: “…a minha porção é o Senhor, nele porei minha esperança”. No começo de março, o Espírito Santo moveu também de maneira sobrenatural o médico coordenador de residência médica do hospital infantil que resolveu abraçar a minha luta, sugeriu redigir uma carta para o estado informando que tal mudança já havia sido aprovada. Porém, ele queria que um documento oficial estivesse anexado a tal carta. Mas não tínhamos tal documento. Eu nesse momento estava orando e fazendo a minha parte, ou seja, indo atrás das pessoas que poderiam me ajudar.
E há cerca de três semanas, mesmo sem o documento oficial do MEC, resolvemos redigir uma carta simples, onde continha todas as assinaturas dos meus chefes e o pedido da bolsa. E para surpresa de todos aqueles que pensaram que tal reivindicação era algo totalmente impossível, ontem, dia 19 de março de 2012, a secretária que estava totalmente desacreditada me ligou informando que irei ganhar a bolsa esse ano e que a Secretaria de Saúde irá mandar no próximo mês o valor não pago em fevereiro. DEUS É TREMENDO! Hoje, quando falei com a secretária pessoalmente, sabendo ela da minha fé em Cristo me falou mais ou menos assim: – “Jesus hein”.
Queridos, gostaria de dar toda a honra e glória a Deus, se hoje posso estar contando a vocês tal testemunho não foi por merecimento e sim por graça, misericórdia e FÉ naquele que pode todas as coisas… Após esse episódio e outros que tem acontecido na minha vida, estou com a seguinte frase em meu coração:
“Como é gostoso trabalhar com o impossível quando para o Deus que cremos tudo é possível”
Que Deus abençõe a vida de vocês grandemente. As promessas de Deus e os seus milagres são para todos aqueles que creem NELE!
- Paulo ( toda a honra e glória seja dada ao Senhor).

Tremendo testemunho não é mesmo? A Bíblia diz:
Jr. 29:11 “Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês’, diz o Senhor, planos de fazê-los prosperar e não de lhes causar dano, planos de dar-lhes esperança e um futuro.

Não somos chamados para andar nas aflições humanas, mas nas aspirações de Deus.
O Paulo tinha um sonho pessoal, entendeu que Deus o movia e agiu confiando no poder do Senhor.
Deus é naturalmente disposto a nos fazer viver um vida abundante, Ele tem prazer em abençoar. Como vimos nos texto, Ele faz planos para nós. Quem faz planos sonha, Deus sonha por nós! Ele nos faz saber de Seus sonhos por meio de promessas.
Nenhuma promessa acontece naturalmente. Em toda história bíblica vimos promessas serem alcançadas à base de esforço, de fé, conquista, suor, clamor, guerra com gigantes, e especialmente da perseverança – aquela obstinação em jamais desistir, valentia.
Há respeito de sonhos, posso dizer que há sonhos de Deus, sonhos pessoais e sonhos que não são de Deus.

Rm 12:1-2 “Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.”

Uma das maiores virtudes é o entendimento, discernir os tempos e à vontade de Deus tem se tornado cada vez mais importante à medida que caminhamos para tempos apocalípticos. Renovar o entendimento é o que o sábios buscam e o que a Palavra nos ensina.

Na grande jornada cristã, somos inclinada à carnalmente ir desistindo de viver sempre o melhor de Deus, com isso nossos sonhos e especialmente os Sonhos de Deus ficam apenas na promessa de um Deus que, inacreditavelmente, podemos ser capazes de chamar de mentiroso. Se não com palavras, talvez com sentimento de um coração ferido daquele que se olha no espelho e enxerga o que sempre foi e não o sonho do Pai.

Estes são os fatalistas, um subgrupo cada vez maior na igreja de Deus. São aqueles que sempre querem algo, assíduos prisioneiros do cárcere do “eu quero, mas nada faço”.

FATALISMO:
Sistema dos que consideram todos os acontecimentos como irrevogavelmente fixados de antemão por uma causa única e sobrenatural.

São os que cantam que a família é bendita, mas estão com o casamento capenga porque não oram juntos e são orgulhosos para mudar. São os que querem uma profissão diplomada, mas não querem estudar. São os que querem a presença de Deus, mas não se achegam. Os que querem intimidade, mas não querem mãos limpas e coração puro. São os que querem ministrar a Palavra, mas não leem, não largam a televisão e a internet. São os que querem mais de Deus e menos esforço pra isso. São os que querem maná de Deus todos os dias, mas vão largar a leitura desse texto daqui há algumas linhas…São aqueles que “não deu certo porque Deus não quis, porque eu posso fazer futuramente, porque Deus permitiu assim…

Shabbat 18/03/2009 – Palavras de Sabedoria no shabbat para a Igreja:

- “Se” permaneceres nEle e no propósito ao qual foram chamados, vosso entendimento será aberto e a palavra escrita e profética irá ser derramada em profundidades que vai além da vossa compreensão atual…
– Reconheçam a voz do Mestre mesmo em meio a uma multidão ou um turbilhão…
– A soberba gera descuido. A acomodação (conformismo) e o fatalismo também. Vosso maior bem é a graça de Deus.
– Não temam! “Se permanecerdes em Mim e as Minhas palavras permanecerem em vós, pedireis o que quiserem e lhes será concedido” (Jo. 15:7). Jamais esqueçam do “se”.

Como é importante reconhecer a voz de Deus. Saber qual é a Sua vontade, como posso realizá-la. Saber quando devo agir, quando devo parar, quando devo falar ou calar. Saber quando virá o dia difícil, o tratamento e também quando Ele quer me abençoar. Sim… Deus constantemente quer nos abençoar.
Porém há muitos vilões para o melhor de Deus, são os formadores de fatalismo. Entre eles está o conformismo, também conhecido como acomodação.

CONFORMISMO:
O conformismo (acomodação) é um dos principais responsável pela não realização de promessas, não cumprimento de chamados, desobediência e morte de sonhos. Especialmente os sonhos de Deus. Os conformados são os que desistem do melhor de Deus.

Alguns exemplos bíblicos de conformados com a desobediência, com a dificuldade de esperar e com o pecado.

Gn 3:6 “E viu a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento; tomou do seu fruto, e comeu, e deu também a seu marido, e ele comeu com ela.”
Gn 16:2 “disse a Abrão: “Já que o Senhor me impediu de ter filhos, possua a minha serva; talvez eu possa formar família por meio dela”. Abrão atendeu à proposta de Sarai.”
1Sm 2:22; 30 “Era, porém, Eli já muito velho, e ouvia tudo quanto seus filhos faziam a todo o Israel, e de como se deitavam com as mulheres que em bandos se ajuntavam à porta da tenda da congregação[…] Portanto, o Senhor, o Deus de Israel, declara: ‘Prometi à sua família e à linhagem de seu pai, que ministrariam diante de mim para sempre’. Mas agora o Senhor declara: ‘Longe de mim tal coisa! Honrarei aqueles que me honram, mas aqueles que me desprezam serão tratados com desprezo.

SONHOS DE DEUS:
Fomos criados à imagem e semelhança de Deus. Nosso Deus é conhecido entre tantas características também por ser o Todo Poderoso, aquele que faz grandes coisas e de grande realizações.

Fp 2:13 ” pois é Deus quem efetua em vocês tanto o querer quanto o realizar, de acordo com a boa vontade dele.”
O homem também foi criado para fazer grandes realizações e ser produtivo para a Glória de Deus. Deus deu ao homem o governo e o domínio sobre as coisas, a capacidade de realizar, de expandir…Gn 1:28 “E Deus os abençoou, e Deus lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei a terra, e sujeitai-a; e dominai sobre os peixes do mar e sobre as aves dos céus, e sobre todo o animal que se move sobre a terra.”).
Em Gn 11:6 ” E o SENHOR disse: Eis que o povo é um, e todos têm uma mesma língua; e isto é o que começam a fazer; e agora, não haverá restrição para tudo o que eles intentarem fazer.” Deus dá um crédito à humanidade, mesmo sem Deus para realizar tudo que intentarem. O que dirá de nós, Seu povo. Onde poderemos chegar com Deus ao nosso lado?
Porém Deus nos deu o livre arbítrio, Ele deu aos seres humanos o poder de decisão, de vontade. Ele nos aconselha, nos direciona, nos faz promessas condicionadas (Jo 15: 7). Mas a responsabilidade final, a escolha será sempre nossa.
No Sl 139:16 a bíblia diz que todos os nossos dias foram escritos no Seu livro por Deus, porém a Sua vontade para nós não será imposta.
Se é Deus que opera o QUERER, qual é o nosso grande desafio? Guardar a nossa vontade. Gl 5:16-17 “Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne. Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes opõem-se um ao outro, para que não façais o que quereis.”
As paixões da carne guerreiam para dominar nossa vontade.

CARNE:
Obras da carne (Gl 5), mais estados que nos levam a desistir de andar no Espírito (desânimo; falta de: fé, esperança e confiança em Deus; conformismo; indiferença; preguiça; desleixo; soberba).

Somos naturalmente inclinados aos desejos da carne. Somente se buscarmos andar em Espírito e ser cheio Dele poderemos então dominar nossa vontade.
Satanás quer que você acredite que precisa de algo que na verdade você não precisa. Ele alimenta a nossa vontade, para fazer morrer em nós a vontade de Deus. 1 Pe 2:11 “Amados, insisto em que, como estrangeiros e peregrinos no mundo, vocês se abstenham dos desejos carnais que guerreiam contra a alma.”
Se andarmos na dimensão do Espírito, podemos ir além e alinhar o nosso coração com o de Deus. Assim começam a nascer os Sonhos de Deus para nós, assim começa o querer que vem Dele e não da nossa carne.
Empenhamos pouco esforço para andar em Espírito (pouca oração, leitura da palavra, disposição de Santificar-se). Não temos muito peso nos propósitos de Deus. Estamos distante do Sermão do monte? Estamos distantes de amar a Deus acima de tudo e ao próximo como a nós mesmos? Se sim, estamos precisamos renovar a nossa mente.
Tg 4:15 ” Ao invés disso, deveriam dizer: “Se o Senhor quiser, viveremos e faremos isto ou aquilo”. A vontade de Deus tem que ser sempre considerada.
A oração é o principal meio pelo qual você obterá as coisas que tanto quer e precisa diante de Deus e também o meio pelo qual Deus obterá de Deus aquilo que Ele quer de nós.
Quando o nosso coração está alinhado com Deus, os desejos Dele começam a brotar em nosso coração.
Os sonhos e as promessas de Deus nos dão um destino, um lugar onde você deverá ir, uma gestação de fé, gera uma semente de fé. Não podemos construir uma identidade errada baseada nos nossos arredores, numa realidade percebida, mas sim em nosso destino em Deus.

ESPERANÇA:
Deus quer se mostrar fiel e poderoso, Ele quer ser glorificado por meio de nós.

As situações a nossa volta deveriam declarar que Deus está no controle, não importa o quão evidente possa parecer que Ele está. O processo é importante para Ele, não apenas o resultado.
Rm 8:24 “Pois nessa esperança fomos salvos. Mas, esperança que se vê não é esperança. Quem espera por aquilo que está vendo?”

Ricardo Gondim escreve a respeito da esperança:

“Esperança é irmã mais frágil da fé. Sua fragilidade vem da insustentabilidade. Esperança não nasce de certezas…
…O chão da Esperança, inseguro como areia movediça, será sempre improvável…
…Esperança exorciza mau agouro, cala pessimistas e revoga os decretos do Destino…
…Todo esperançoso se torna companheiro de valentes, de intrépidos, de aventureiros. Neles, pulsa o coração de um batalhador, de onde surge a poesia mais inspiradora.”

Nossa esperança se baseia no caráter de Deus. O esperançoso será fortalecido em Deus.

Is 40:31 “mas aqueles que esperam no Senhor renovam as suas forças. Voam bem alto como águias; correm e não ficam exaustos, andam e não se cansam.”

Hb 3:16-18 “Ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto nas vides; ainda que falhe o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que o rebanho seja exterminado da malhada e nos currais não haja gado.18 todavia eu me alegrarei no Senhor, exultarei no Deus da minha salvação. 19 O Senhor Deus é minha força, ele fará os meus pés como os da corça, e me fará andar sobre os meus lugares altos.

Batalhe e se esforce, busque realizar os seus sonhos. Não espere sentado. A terra prometida possui gigantes que você vai ter que enfrentar, e logo você vai descobrir que seu maior gigante está diante do espelho. Mantenha os teus olhos em Deus e ande em direção às promessas que Ele te deu. Esse é seu destino profético. Construa sua identidade de acordo com o Sonho de Deus para você.

E leve em consideração os propósitos de Deus para você. Insira-se nos planos divinos e desejos do coração de Deus para a humanidade. Viva por Ele, lute pelo Seu Reino, pois para isso fomos salvos.
As demais coisas… certamente serão acrescentadas!

- Eberson de Sousa.