Cremos no Deus Altíssimo (Eloim) que criou o Céu e a Terra, que formou o homem e que este ao desobedecê-lo, morreu espiritualmente tendo gerado uma raça pecaminosa (Gn. 1,2 e 3). Deus então através de Abraão, Isaque e Jacó formou um povo de propriedade exclusiva sua (Israel) para abençoar os demais povos da Terra.

Mas este mesmo povo rejeitou os mensageiros de Deus (os profetas). Dessa forma, o Senhor Deus enviou o Seu único Filho (Jesus), que foi gerado através de uma virgem e viveu para destruir as obras do diabo (I Jo. 3.8) reconciliando em Si todo homem por meio de Sua morte e ressurreição, sendo Ele o Salvador e restaurador de toda a humanidade. Ao ressuscitar, Deus o exaltou sobremaneira e está à destra dEle, onde aguarda Sua volta para julgar os povos separando os justos dos ímpios.

Cremos na Igreja como um corpo cuja cabeça é Jesus Cristo (I Co. 12:27). Cremos na Palavra Escrita de Deus (Bíblia) integralmente como manual ou mapa que nos leva ao plano e propósito dEle para todo homem como regra de fé e obediência (II Tm. 3.16). Cremos nos fundamentos de Seu ensino (arrependimento de obras mortas, fé em Deus, ensino de batismos, imposição de mãos, ressurreição dos mortos e juízo eterno – Hebreus 5.1-2.).

Cremos na queda de satanás (Ez. 28.11-19) que como inimigo de Deus foi derrotado na morte de Cristo na cruz, e no final dos tempos será lançado no lago que arde com fogo e enxofre juntamente com seus anjos e todos os seus seguidores (Ap. 20.10).

Cremos na Ceia do Senhor (pão e vinho) lembrando sua morte e ressurreição até que Ele retorne (I Co. 11.26). Cremos que os dons sobrenaturais do Espírito Santo são para a igreja de nossos dias (I Co. 12). Cremos também,que Deus fala nos dias de hoje através de seus profetas e que não fará nada sem primeiro revelar seus segredos aos seus servos (Am. 3:7). Cremos no governo da Igreja instituído por Deus (presbíteros) para governar e pastorear o rebanho (At. 20:28).

Além disso, cremos que os ministérios dos apóstolos, profetas, evangelistas, pastores e mestres são para toda Igreja (Ef. 4.11). Cremos que a Igreja local não é maior nem menor do que a sua localidade (cidade), e que a Igreja se limita a divisa, mas não excede da sua localidade (Ex.: Igreja de Jerusalém – At. 11.22; Igreja de Corinto – I Co 1.2), e que somos parte dela. Enfim cremos que  fomos criados por Deus para o Louvor de Sua glória, para adorá-LO e serví-LO eternamente. (Ef. 1. 4-6).

 

Igreja de Florianópolis – Proclamando a Verdade