Em comemoração aos 13 anos da igreja se inicia o tempo de nos aperfeiçoarmos no plano de Deus para nós: a salvação por meio de Jesus Cristo.

Jesus: Ele redirecionou a história do mundo com a vida, a mão que sustentou o universo recebeu o cravo de um soldado, por amor a você. Deus nunca foi tão soberano como nos detalhes da morte de Seu filho. Jesus preferiu ir ao inferno por você a ir ao céu sem você. Cristo viveu uma vida que não poderíamos viver e recebeu a punição que não poderíamos suportar, para oferecer uma esperança à qual não poderíamos resistir! Através da Cruz Ele personificou um movimento de esperança. Ele se deixou humilhar por amor, se rendeu por amor, se fez sacrifício por amor, mesmo sabendo por quem estava fazendo isso, em troca de que estava sofrendo daquela forma: VOCÊ! Quando lhe foi pedido que descrevesse a extensão de seu amor, Cristo estendeu uma das mãos para a direita e outra para a esquerda e nessa posição elas foram pregadas para que você soubesse que ELE MORREU POR AMOR A VOCÊ!

Essas e outras descrições são conhecidas pela Igreja, pela Noiva que aguarda ansiosa por Sua volta! Mas parece que em alguns momentos a cruz, a morte, o sofrimento, o amor, a esperança, a força e tudo mais que esse ato representa perde o valor, ou melhor, se torna um detalhe diante do Reino de Deus. Afinal são tantas novidades, tantas coisas novas que recebemos: armadura, tochas, espada, até mesmo as Nações como herança! Mas tudo isso não existiria se não fosse tal ato de amor, tal entrega – REDENÇÃO E SALVAÇÃO! A cruz não é um detalhe, a morte de Cristo não é para se tornar uma lembrança, mas é a esperança para o mundo que jaz em trevas e escuridão. Hoje Ele nos faz lembrar da Salvação, da Sua cruz, do Seu sofrimento e principalmente do AMOR – aquilo que devemos ser portadores.

Um novo patamar para um novo tempo

O patamar Salvação é para nos lembrarmos de onde fomos tirados e no que fomos transformados através do sangue derramado na cruz, uma vida sem mácula! Guerreiros da última hora, mas que precisam levantar a bandeira do primeiro amor, relembrar e praticar o primeiro amor. Aquele que não vê limites, não mede consequências e nem esforços, não se intimida e nem se orgulha: simplesmente vive e se entrega a Cristo, sem reservas!

Lutas, indagações, angustias e problemas? Ele resolverá, Ele irá curar e enviará anjos para lutar contigo, apenas viva o que Ele sonhou pra você, o que Ele espera de você, Noiva! Pois o Reino existe por que Ele se entregou se deu como oferta, mas este Reino precisa ser edificado nessa Terra.

Perto está a salvação que o Senhor trará aos que o temem e a sua glória habitará em nossa terra (Salmo 85.9).

Viva a Salvação, receba a alegria da Salvação… Espalhe essa mensagem, transborde do amor que Ele derramou sobre sua vida! Como revela o salmista, a salvação está perto dos que temem a Deus. A salvação está perto de nós. O mundo precisa conhecer esse amor de uma forma diferente. Sejamos, pois, luz, sal e representantes do Amor de Cristo! É tempo de recomeçar e de reviver o inicio de tudo, não apenas de lembranças, mas de atitude. Viva o amor sem limites, afinal o Céu é o seu limite.

- Pr. Israel Braglia e Débora Gusmão

 

Igreja de Florianópolis – uma igreja viva servindo ao Deus vivo