Quem está no comando deles?

O medo e a dor são dois problemas que afligem a humanidade hoje. Muitas vezes são monstros invencíveis. Acompanhe este estudo e verifique.

MEDO

Josué 1.6 diz: “Te esforça e sê valente; porque tu farás este povo possuir a terra a qual jurei que daria a seus pais”.

Moisés foi um servo no deserto e Josué um filho na terra. A maioria do povo cristão se contenta em ser servo no deserto; poucos  desejam ser filhos na terra. Josué  tinha que lutar pela terra – lutar contra um exército mais forte do que ele.

Coragem não é ausência de medo, mas é chegar à um objetivo vencendo o medo. O covarde permite que o medo o conduza. Josué 1:9 alerta: “Tenho Eu te mandado que te esforces e sejas valente; não temas, nem te espantes (deprima) porque o Senhor teu Deus estará contigo em qualquer lugar que fores”.

“Não te mandei Eu?” Ele ordenou o “IDE” e prometeu estar aonde formos.

Apocalipse 2.10 diz: “Nada temas das coisas que as de padecer. Eis que o diabo enviará alguns de vós para o cárcere para que sejais provados! E tereis uma tribulação de 10 dias”. “Sê fiel até a morte e dar-te-ei a coroa da vida”. E Apocalipse 3.5 completa: “O que vencer será vestido de vestes brancas e não apagarei de maneira alguma seu nome do Livro da Vida. E confessarei o seu nome diante de Meu Pai e diante dos anjos”.

Estes textos confirmam que os nomes podem ser apagados do Livro da Vida. Se você não prevalecer até a morte e vencer, seu nome pode ser retirado do Livro da Vida, pode haver a PERDA DA SALVAÇÃO.

O mesmo livro de Apocalipse 21.8  diz: “Mas os covardes, os incrédulos, os depravados, os assassinos, os que comentem imoralidade sexual, os que praticam feitiçaria, os idólatras e todos os mentirosos, o lugar  deles será o lago que arde com fogo e com enxofre – o inferno. Essa é a segunda morte”.

Os covardes estão antes dos incrédulos, dos depravados, dos assassinos. Se você se acovardar, seu nome pode ser riscado do Livro da Vida. Os medrosos podem ir para o inferno. O medo faz perder a salvação. O julgamento inicia pela Casa de Deus.

É você que decide se você será um vencedor e receberá a coroa da vida ou ser um covarde que desiste por medo. Medo não é temor (temor é respeito, reverencia por Deus! Medo sim! De perdê-Lo) o temor a Deus é o princípio da Sabedoria.

Porém o medo emburrece, destrói, atrofia e leva a perda da fé e da salvação. Satanás tenta todos os dias injetar medo em você (se você permitir), mas você tem autoridade sobre o medo. O medo é satânico, é um espírito.

Marcos 16.15-17 relata: “E disse-lhes: vão por todo mundo e preguem o evangelho a todas as pessoas. Quem crer e for batizado será salvo, mas quem não crer será condenado. Estes sinais acompanharão  os que creem. Em Meu nome, expelirão demônios, falarão novas línguas, pegarão em serpentes e se beberem algum veneno mortal não lhe fará mal algum, imporão a mão sobre os doentes e esses serão curados”.

Não são pecados que acompanham os que creem. Nem é o medo que os acompanha, mas as maravilhas e os sinais de Deus. Então, ordene o medo que saia em nome de Jesus. Você tem autoridade para isso. O Senhor deu a igreja essa autoridade. Ele tem que sair. O medo e qualquer outro espírito maligno que venha te afligir. O medo de que o Senhor te permita passar pelo deserto podem te afastar de Deus e até te fazer perder tudo e até mesmo a salvação. Em meio à aflição, a melhor forma de passar por ela e ter revelação, não do porque, mas do que Deus quer ensinar.

Você escolhe confiar nEle de todo seu coração, de toda sua alma, de todo seu entendimento, ou você  escolhe ter medo de tudo?

– Certamente em meio à aflição o Senhor quer fazer algo sobrenatural por você. Sabedoria disse:

Eu vou permitir que vocês passem pelo fogo para sua confiança crescer. Quando mais você passa pelo fogo, mais forte você ficará e aprenderá a passar sobre chamas sem se queimar. Os grande feitos de Deus são vistos em tempos maus, onde o homem já não pode fazer mais nada. Aí é que entre o sobrenatural de Deus.

DOR

O outro problema que aflige o homem é a dor. As igrejas estão cheias de pessoas com dores no corpo e na alma. Dores emocionais como: traição, abusos, divórcio, calúnias, difamações…

Muitas vezes os mais íntimos, mais achegados, mais amados, os que você mais serve são os que vão embora e tentam te destruir. Há dores que não terminam. Elas podem te fazer cativo e transformar você em vítima. No Reino de Deus não existem vítimas!

Hebreus 12.1-2  nos prova isto: “Portanto também nós, uma vez que estamos rodeados de tão grande nuvem de testemunhas, livremo-nos de tudo que nos atrapalha e do pecado que nos envolve e corramos com perseverança a corrida que nos é proposta, tendo os olhos fitos em Jesus, autor e consumador de nossa fé”.

ão existe vítima no Reino de Deus. Ele pagou na cruz o preço por sua mágoa e sua dor. Você nunca vai chegar à solução de sua dor perguntando o porquê a Deus. Acaso o barro pode perguntar ao oleiro o que está fazendo? Deus não deve nada e não tem a obrigação de te dizer o motivo de nada.

As igrejas estão cheias de arrogantes e insolentes que discutem com Deus a respeito das circunstâncias, são pessoas que servem por estar atrás de uma benção, salvação natural, cura, finanças, casamento…

Isso não é servir a Deus, é servir a si mesmo. Você serve a Deus pelo que Ele é.

Ele é Grande Eu Sou! E isso te basta!

É você que escolhe.

 A ESCOLHA DEPENDE DE NÓS

Ser vítima é prazeroso e nos dá o direito de sentirmos pena de nós mesmos – e isto faz com outras pessoas sintam pena de nós também. É aí o problema: neste caso, então, você se desculpa – “eu não vou”, “eu não faço porque não posso”, etc. Você constrói muros intransponíveis para que ninguém perceba que você é escravo de sua dor, do seu medo, do seu pecado, de você mesmo.

Pense: Se Jesus fosse uma vítima você não teria salvação. A cura para dor da alma é o perdão. Perdão é uma escolha. Você é livre para escolher perdoar ou não. O perdão destrói todo espírito de vingança, todo pensamento cativo na dor, o rancor, a raiva, o revide. O perdão mata a vítima afoga a lágrima, cala o lamento. Jesus pagou o preço pelo nosso pecado com sangue.

O medo é um espírito.

A amargura é pecado.

Quanto tempo mais você vai esperar para ser curado?

A Escolha é sua.

 

_Prs. Adalberto e Luizita Braglia
11º Shabbat  2014 – primeira parte.

 

Igreja de Florianópolis – Proclamando a Verdade